Canteiro das águas

“A poesia é tua;
não posso resguardá-la
e nem prendê-la”.
(Yêda Schmaltz)

No silêncio
De tua face rósea
Brincando de florescer
Ao contemplar coisas paradas/.

Seria somente outra história
Sem lenço
Sem documento
Esquecida no baú do tempo,

Chorando infecundas tristezas
Amontoadas no frágil paraíso perdido.
Ainda que a noite cante
Não vou implorar o impossível.

Serei novamente o poeta
Abraçarei o celeste fulgor
Deixarei deslizar contente/... tinta
Por sobre a porta apautada.

De minhas artérias o pulsar
Galopando cimo de eternidade.
Volta os olhos ainda alheios
Pele macia... Devotada lembrança/.

Por entre os braços da bruma
Poeira perfumada
Caminhos varando emoções
Por esta mesma estrada desigual/.

Que desnudas vibram
No eixo de nossa Poesia.
Neste sábado mistura de água e sol
Nós e céu... (fel)licidade.

Weder Soares


Escrito por Weder Soares às 23h40
[   ] [ envie esta mensagem ]





Universo de mim VI canto do encontro

“Doido é enfeitar de rosas uma praia,
pensando perfumar a dor da espuma”.
(Ferdinand Berredo de Menezes)


Na pele inicio infinito
Gosto santificando estrelas
Puras, nuas/
Estradas cósmicas
Galáxias dependuradas ao rosto/

Pertences imaginários/
Encontros/ ... abrigos.
Encostas aveludadas
... cartas amassadas
Na vontade vaga/
seus lábios.

Navegarei o universo/
Derramando conchas.
...pedras/ Sons
gotas decoradas/

No beijo mais puro
Errante passarinho auviplano
Essa poesia! Arremate do vento
... Repousa/ Pauta, peito.

Serei minha lua
Vestirei a rua/
Enfeitarei o baú dos desejos.
Seus olhos em mim.

... /desliza rio infinito
Margeando alguma porta
Entreabrindo meus eus
No toque dos dedos seus.

Setembro/2000


Escrito por Weder Soares às 23h23
[   ] [ envie esta mensagem ]



[ ver mensagens anteriores ]




 
Meu perfil
BRASIL, Centro-Oeste, GOIANIA, PARQUE AMAZONIA, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Portuguese, Arte e cultura, Música, Estar com a família
MSN - wederpoetago@hotmail.com
Histórico
  19/09/2010 a 25/09/2010
  08/04/2007 a 14/04/2007
  01/04/2007 a 07/04/2007
  25/03/2007 a 31/03/2007
  18/03/2007 a 24/03/2007
  17/09/2006 a 23/09/2006
  29/01/2006 a 04/02/2006
  16/10/2005 a 22/10/2005
  25/09/2005 a 01/10/2005
  04/09/2005 a 10/09/2005
  21/08/2005 a 27/08/2005
  24/07/2005 a 30/07/2005
  17/07/2005 a 23/07/2005
  10/07/2005 a 16/07/2005
  03/07/2005 a 09/07/2005
  26/06/2005 a 02/07/2005
  19/06/2005 a 25/06/2005
  12/06/2005 a 18/06/2005
  05/06/2005 a 11/06/2005
  22/05/2005 a 28/05/2005
  15/05/2005 a 21/05/2005
  08/05/2005 a 14/05/2005
  01/05/2005 a 07/05/2005
  24/04/2005 a 30/04/2005
  17/04/2005 a 23/04/2005
  10/04/2005 a 16/04/2005
  03/04/2005 a 09/04/2005
  27/03/2005 a 02/04/2005
  20/03/2005 a 26/03/2005
  13/03/2005 a 19/03/2005
  06/03/2005 a 12/03/2005
  27/02/2005 a 05/03/2005
  20/02/2005 a 26/02/2005
  13/02/2005 a 19/02/2005
  06/02/2005 a 12/02/2005
  30/01/2005 a 05/02/2005
  23/01/2005 a 29/01/2005
  16/01/2005 a 22/01/2005
  09/01/2005 a 15/01/2005
  19/12/2004 a 25/12/2004
  12/12/2004 a 18/12/2004
  05/12/2004 a 11/12/2004
  28/11/2004 a 04/12/2004
  21/11/2004 a 27/11/2004
  14/11/2004 a 20/11/2004


Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  Mar da Poesia
  Retalhos Amigos
  Poesias - Minha vida - Minha Paixão
  proseando com Mariza
  Olhares da Poesia - Pupila
  FACA de FOGO - Mario César
  Poetar
  Poros e Cendais
  Poesia Sim - Lau Siqueira
  Pulsar Poético
  Acrosticos
  Mulher de 30 e poucos
  Jardim de Letras
  Loba, corpus et Anima
  Pretensos Colóquios, por Dora Vilela
  Noites em Claro
  Tábua de marés - Márcia Maia
  Pedagogia - Nilda
  En leio
  O_nosso_PaLaVrEaDo
  O lugar certo
  Préludio de devaneios
  Poetando sempre com as estrelas
  Cuidado, estão te espiando!
  Desaforum
  palavra p - Ana Peluso
  Zumbi escutando blues
  Sensível Diferença
  Voando pelo céu da boca - Dira Vieira
  Escritora Caipira - Um Dedo de Prosa
  Domínio Público - Flávio Machado
  O Apanhador de Sonhos - Bené Chaves
  Luanda - Luciana Barbosa
  Nem Choro Nem Vela Para Mim
  Nossos pensamentos e poemas
  ...AtrAvÉs de MiM... Kathy
  Letras e Tempestades - Simone Oliveira
  Literatura é o colírio dos olhos da alma - Vivian Luiz
  Efervescências
  Moacir Caetano
  Poemas e Devaneios - Sandra
  Ponto Gê - Geórgia
  Solidão de Alma - Soni@ Pallone
  Efervencências - Luz
  Blog do Jocyvan Hermano Ventura
  Traduzir-se... Será arte?
  Agreste - Manoel Carlos
  Letras e tempestades
  Ser Somente Mulher - Tânia
  Espaço Aberto - Debate e Discursões
  Alcinéa Cavalcante
  Carlos Besen
  Metrópole em Poesia
  Nada é por acaso
  O barco de papel - J.Ventura
  Alex Sens
Votação
  Dê uma nota para meu blog